x Fashion Label Brasil - Programa de Internacionalização da Moda Brasileira

VERT anuncia a origem e a quantidade de algodão utilizado em seus modelos





Desde 2005, a VERT comprou mais de 180 toneladas de algodão orgânico diretamente dos agricultores do Ceará. A marca tem como política rastrear a cadeia de valor para tornar os tênis diferentes. Em vez de comprar tela, eles foram direto nos produtores do Nordeste do Brasil para entender e encontrar o melhor algodão. Este algodão não é apenas orgânico - cultivado sem pesticidas ou fertilizantes - é também agroecológico, um tipo de agricultura que consiste em tornar o solo mais rico do que era antes de cultivá-lo. A produção de algodão orgânico e agroecológico tem um custo e, para garantir que eles tenham uma receita mais decente pelo seu trabalho no campo, a VERT aplica os princípios do comércio justo.

 

- Reduzir intermediários negociando diretamente com as famílias;
- Fixar com os produtores um preço em contratos de três anos para que eles saibam o quanto eles receberão antes mesmo de plantar as sementes;
- Adicionar um prêmio coletivo de 0,5 € por cada quilo de algodão que eles usam para melhorar suas condições de trabalho.

Em 2017, o algodão convencional foi vendido por 1,73 €/kg nos mercados de ações, a VERT comprou o algodão por 3,07 €/kg. Depois disso, o algodão passa pelas fábricas de fiação e tecelagem com as quais a marca trabalha há anos. 

Em um balanço geral, a marca franco-brasileira anuncia a quantidade de algodão comprado (2005: 2t, 2006: 3t, 2007: 6t, 2008: 19t, 2009: 22t, 2010: 12t, sendo que perderam 2t devido a incêndios, 2011: 24t, sendo que perderam 6t em um acidente de caminhão, 2012: somente 5,8t devido a seca, 2013: 16t, 2014: somente 6t porque a marca introduziu um novo material 100% de garrafas de plástico recicladas denominadas b-mesh, 2015: somente 5t porque a marca começou a comprar algodão reciclado a partir da indústria de resíduos de vestuário devido para outra seca, 2016: 7,7t, 2017: 18t (Brasil + Peru), 2018: 34t (Brasil + Peru).